Pesquisar

Jornal Mural

Abril 2014

Jornal Libertação

Fevereiro 2014

FEB

FEDF

Como realizar o Culto do Evangelho no Lar? PDF Imprimir E-mail
Publicado por Administrator   
Seg, 20 de Setembro de 2010 12:52

1. Participantes: todas as pessoas do lar, inclusive as crianças.
2. Roteiro da Reunião: O Culto do Evangelho no Lar tem 4 etapas básicas:

1ª) PREPARAÇÃO: Selecionar O Evangelho segundo o Espiritismo, alguns livros com mensagens edificantes, algumas músicas para harmonização do ambiente, uma jarra ou garrafa d’água e copos. Alguns minutos antes da hora marcada, colocar a música e se desligar de todo e qualquer elemento de distração – tipo TV, rádio, Internet, preocupações do dia, etc –; depois, ler algumas mensagens, que podem ser, brevemente, comentadas.

2ª) PRECE INICIAL: Deve ser proferida por um dos participantes, em tom de voz audível, de forma simples e espontânea; acompanhada mentalmente e com concentração pelos demais. Na prece, pode-se pedir amparo e inspiração para o estudo.

3ª) DESENVOLVIMENTO: É o estudo do Evangelho, propriamente dito. Pode ser escolhido um trecho ao acaso ou de forma seqüencial, lido e comentado pelos participantes, com o objetivo de alcançar a essência do ensinamento de Jesus e a sua relação com a vida diária.

4ª) PRECE FINAL: Assim como na Prece Inicial, deve ser feita por um dos participantes, audível, acompanhada mentalmente pelos demais. Pode-se pedir pelo lar e pelos participantes, pelo próximo, por toda a Humanidade, por todos que necessitem de luz e amparo e agradece-se a oportunidade do estudo do Evangelho e as bênçãos e lições recebidas. Ao final, compartilha-se a água beneficiada.

3. Recomendações:

a) Estas 4 etapas poderão durar em torno de 40 minutos, não devendo exceder a uma hora. Em torno de 20 minutos quando contar com a participação de crianças.

b) O momento de harmonização é para propiciar o equilíbrio emocional e nos colocar em contato com as idéias nobres da vida. Assim, tiraremos melhor proveito das lições estudadas em torno dos ensinamentos do Cristo.

c) Evitar a manifestação mediúnica de Espíritos. As manifestações mediúnicas não são adequadas a esse momento de estudo; devem ser encaminhadas a uma Sociedade Espírita idônea.

d) Pode-se colocar água para ser beneficiada pelos Protetores Espirituais e, após, repartida entre os participantes. Emmanuel nos explica que a água é dos corpos mais simples e receptivos da Terra; por isso, se torna suscetível às emanações de nossa oração e se transforma num elemento de cura de moléstias físicas e espirituais, em geral.

e) A presença de visitas não deve ser motivo para suprimir a Reunião. Convide-a a participar e se ela não quiser, poderá aguardar na sala de visitas.

f) O que dá valor às potencialidades magnéticas e vibratórias do Culto, são a boa intenção na sua prática, a verdadeira ligação com os Mentores Espirituais, a FREQÜÊNCIA na sua realização e a mudança de atitude no lar.

g) O que fazer quando não conseguir chegar à tempo?
— Caso seja apenas um pequeno atraso: entre, sente-se e faça uma curta e silenciosa prece, para depois, sem perturbar o Culto, inteirar-se da passagem que foi lida;

— Caso seja impossível comparecer: tente recolher-se por alguns minutos, num ambiente tranqüilo, e faça uma prece, ligando-se, mentalmente, ao Culto no Lar, pedindo licença aos Mentores Espirituais para a sua ausência;

— Aquele que estiver realizando o Culto no Lar, pede nas preces de abertura e encerramento luz e proteção também para os ausentes.

Última atualização em Seg, 20 de Setembro de 2010 14:23
 

Grade de Palestras

Abril 2014
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3

Quem está conectado

Nós temos 24 visitantes online